Rolling Stone Brasil
Busca
Facebook Rolling Stone BrasilTwitter Rolling Stone BrasilInstagram Rolling Stone BrasilSpotify Rolling Stone BrasilYoutube Rolling Stone BrasilTiktok Rolling Stone Brasil
Cinema / EITA!

Lena Dunham abandona direção de live-action de Polly Pocket com Lily Collins

Em entrevista ao The New Yorker, a cineasta afirmou que teve dificuldade para fazer com que a sua ideia funcionasse como filme

Henrique Nascimento (@hc_nascimento)
por Henrique Nascimento (@hc_nascimento)

Publicado em 10/07/2024, às 15h45

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Lena Dunham abandona direção de live-action de Polly Pocket com Lily Collins - Stephane Cardinale - Corbis/Corbis via Getty Images
Lena Dunham abandona direção de live-action de Polly Pocket com Lily Collins - Stephane Cardinale - Corbis/Corbis via Getty Images

Lena Dunham, conhecida pela série Girls (2012-2017), não irá mais dirigir o live-action de Polly Pocket, anunciado em julho de 2023, que terá Lily Collins (Emily em Paris) no papel principal. A informação foi revelada pela própria cineasta em entrevista ao The New Yorker.

"Vou contar algo aqui que não contei para ninguém: não vou fazer o filme da Polly Pocket", contou Dunham. Ela ainda disse que estava trabalhando no roteiro do filme há cerca de três anos e sugeriu que, apesar do investimento, não seria possível fazer o filme do jeito que gostaria:

"Eu senti que, a menos que eu possa fazer dessa maneira, não farei. Não acho que eu tenho isso em mim. Eu sinto que o próximo filme que eu fizer precisa parecer um filme que eu absolutamente preciso fazer. [Que] ninguém além de mim conseguiria. E pensei que outras pessoas poderiam fazer Polly Pocket", completou.

Sem previsão de estreia, o live-action de Polly Pocket contaria a história de uma jovem garota, que faz amizade com uma mulher do tamanho de uma boneca de bolso. Ainda não se sabe se o projeto seguirá com outro cineasta ou se será cancelado.