Rolling Stone Brasil
Busca
Facebook Rolling Stone BrasilTwitter Rolling Stone BrasilInstagram Rolling Stone BrasilSpotify Rolling Stone BrasilYoutube Rolling Stone BrasilTiktok Rolling Stone Brasil
Cinema / VEM AÍ?

Melissa Barrera quer participar de reboot de Todo Mundo em Pânico

Demitida de Pânico, a atriz quer participar do novo filme da franquia de comédia, que é conhecida por parodiar filmes de terror

Henrique Nascimento (@hc_nascimento)
por Henrique Nascimento (@hc_nascimento)

Publicado em 19/04/2024, às 13h30

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Melissa Barrera quer participar de reboot de Todo Mundo em Pânico (Foto: Divulgação)
Melissa Barrera quer participar de reboot de Todo Mundo em Pânico (Foto: Divulgação)

Melissa Barrera pode não retornar como Sam Carpenter no sétimo filme de Pânico, mas a atriz está bastante interessada em participar do reboot da franquia de comédia Todo Mundo em Pânico, conhecida por parodiar filmes de terror, que foi confirmado recentemente.

"Eu sempre amei esses filmes. Quando eu vi o anúncio [do novo filme], eu pensei: 'Ah, seria divertido. Isso seria muito divertido de fazer'", revelou a atriz ao Inverse. No entanto, até o momento, a Paramount Pictures, que produzirá o reboot, não anunciou nenhum nome no elenco da novidade.

+++LEIA MAIS: Todo Mundo em Pânico ganhará reboot pela Paramount Pictures

Barrera, que interpretava a filha de Billy Loomis (Skeet Ulrich), atual final girl de Pânico, foi demitida em novembro de 2023 por demonstrar apoio à Palestina em meio ao conflito com Israel. "Venho de um país colonizado", escreveu a atriz, acrescendo o emoji de uma bandeira do México, em referência ao seu país natal.

"A Palestina vai ser livre! Eles tentaram nos enterrar, [mas] mal sabiam que éramos sementes", continuou Barrera.
Comentário de Melissa Barrera no Instagram (Reprodução)
Comentário de Melissa Barrera no Instagram (Reprodução)

+++LEIA MAIS: Fãs ameaçam boicotar Pânico 7 após demissão de Melissa Barrera

"Gaza está sendo tratada, atualmente, como um campo de concentração", ainda disse em outra publicação. "Encurralar todos juntos, sem ter para onde ir, sem eletricidade, sem água... As pessoas não aprenderam nada com a nossa história. E, assim como nossas histórias, as pessoas ainda assistem silenciosamente a tudo acontecer. ISSO É GENOCÍDIO E LIMPEZA ÉTNICA", finalizou a atriz.

Segundo a Spyglass Media Group, produtora do novo filme da franquia, Barrera teria sido demitida por "incitação ao ódio": “A posição da Spyglass é inequivocamente clara: temos tolerância zero ao antissemitismo ou à incitação ao ódio sob qualquer forma, incluindo falsas referências ao genocídio, depuração étnica, distorção do Holocausto ou qualquer coisa que ultrapasse flagrantemente a linha do discurso de ódio”, declarou em comunicado à Variety.

Para qual lançamento de 2024 você está mais ansioso? Vote em seu filme favorito!

  • Rebel Moon - Parte 2: A Marcadora de Cicatrizes (19 de abril)
  • Rivais (25 de abril)
  • Love Lies Bleeding - O Amor Sangra (1º de maio)
  • Planeta dos Macacos: O Reinado (23 de maio)
  • Furiosa: Uma Saga Mad Max (23 de maio)
  • Divertida Mente 2 (Junho)
  • Um Lugar Silencioso: Dia Um (28 de junho)
  • Deadpool 3 (25 de julho)
  • Borderlands (8 de agosto)
  • O Corvo (22 de agosto)
  • Os Fantasmas se Divertem 2 (5 de setembro)
  • Coringa 2 (4 de outubro)
  • Venom 3 (25 de outubro)
  • Gladiador 2 (22 de novembro)
  • Wicked (27 de novembro)
  • Moana 2 (27 de novembro)