Rolling Stone Brasil
Busca
Facebook Rolling Stone BrasilTwitter Rolling Stone BrasilInstagram Rolling Stone BrasilSpotify Rolling Stone BrasilYoutube Rolling Stone BrasilTiktok Rolling Stone Brasil
Cinema / NOVIDADE

O que é real e o que é ficção em Napoleão, novo filme de Ridley Scott?

Estrelado por Joaquin Phoenix (Coringa), longa biográfico sobre o imperador francês já está disponível para compra e aluguel nas plataformas digitais

Henrique Nascimento (@hc_nascimento)
por Henrique Nascimento (@hc_nascimento)

Publicado em 24/11/2023, às 17h30 - Atualizado em 09/01/2024, às 11h00

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
O que é real e o que é ficção em Napoleão, novo filme de Ridley Scott? (Foto: Divulgação/Sony Pictures)
O que é real e o que é ficção em Napoleão, novo filme de Ridley Scott? (Foto: Divulgação/Sony Pictures)

Napoleão, longa biográfico sobre o estadista francês, estrelado por Joaquin Phoenix (Coringa, Beau Tem Medo) e dirigido por Ridley Scott (Gladiador, Alien: O Oitavo Passageiro), está disponível nas plataformas digitais, para compra e aluguel, a partir desta terça-feira (9).

O longa aborda as origens de Napoleão Bonaparte e conta como ele se trasnformou em um imperador implacável, além de explorar volátil relação entre ele e sua mulher, Josephine, interpretada por Vanessa Kirby (The Crown, Velozes & Furiosos: Hobbs & Shaw). Porém, como qualquer história adaptada para um filme ou uma série, nem tudo é 100% verídico. No caso de Napoleão, isso não é diferente.

Em entrevista ao site Time Out, Michael Broers, professor da Universidade de Oxford e biógrafo de Napoleão, que auxiliou no desenvolvimento da história do imperador francês para os cinemas, revelou o que é verdade e o que foi "exagerado" por Scott para parecer melhor no filme. Confira:

Napoleão testemunhou a execução de Maria Antonieta?

Ficção. O filme abre com um jovem Napoleão testemunhando Maria Antonieta ser guilhotinada em 1793. Porém, segundo Broers, isso não aconteceu. Na verdade, ele a viu ser presa, junto com Luís XVI, um ano antes: "Isso causou uma impressão inesquecível nele - ele ficou aterrorizado com aquela multidão raivosa -, então Sir Ridley reuniu as duas coisas lá [no filme]", contou o professor.

Diferentemente do filme de Ridley Scott, Napoleão não testemunhou a morte de Maria Antonieta na vida real (Foto: Divulgação/Sony Pictures)
Diferentemente do filme de Ridley Scott, Napoleão não testemunhou a morte de Maria Antonieta na vida real (Foto: Divulgação/Sony Pictures)

Napoleão era ruim de cama?

Real. Em sua vida, Napoleão nunca foi conhecido por suas grandes habilidades na cama: "Nós sabemos que ele era bastante sem experiência quando conheceu Josephine, porque ele dizia às pessoas e está em suas memórias", afirmou Broers.

Assim como mostra Napoleão, novo filme de Ridley Scott, o imperador francês não era muito bom de cama (Foto: Divulgação/Sony Pictures)
Assim como mostra Napoleão, novo filme de Ridley Scott, o imperador francês não era muito bom de cama (Foto: Divulgação/Sony Pictures)

Napoleão atirou contra as pirâmides do Egito?

Ficção. Em uma das sequências, Napoleão dispara os seus canhões contra as pirâmides do Egito, embora isso nunca tenha acontecido de verdade. "Eu disse isso a Ridley Scott: 'Qual é, atirar no topo das pirâmides?' Mas ele me respondeu: 'Bom, você riu, não riu?' Foi quando aprendi que estávamos fazendo um filme, não um documentário", relembrou Broers.

Segundo Michael Broers, historiador e biógrafo de Napoleão, o imperador francês nunca atirou contra as pirâmides do Egito (Foto: Divulgação/Sony Pictures)
Segundo Michael Broers, historiador e biógrafo de Napoleão, o imperador francês nunca atirou contra as pirâmides do Egito (Foto: Divulgação/Sony Pictures)

Napoleão era trucidado pelos jornais?

Real. Segundo Broers, os ataques dos jornais da época contra Napoleão eram ainda piores do que é mostrado no filme de Ridley Scott. Algumas situações específicas, como quando o impreador traiu Josephine ou quando lidou com problemas políticas, foram ainda pior para ele.

Napoleão, novo filme de Ridley Scott, pega leve com o imperador francês, que costumava ser trucidado pelos jornais da época (Foto: Divulgação/Sony Pictures)
Napoleão, novo filme de Ridley Scott, pega leve com o imperador francês, que costumava ser trucidado pelos jornais da época (Foto: Divulgação/Sony Pictures)

Napoleão guardou a bola de canhão que matou o seu cavalo?

Ficção. Em uma das cenas do filme, Napoleão abre a carcaça de seu cavalo, morto durante uma batalha, para recuperar a bala de canhão que o matou. Porém, isso foi algo feito apenas para o filme. "Eu nunca encontrei nenhuma evidência de que isso realmente aconteceu", declarou Broers.

No filme de Ridley Scott, Napoleão recupera e guarda a bola de canhão que matou o seu cavalo (Foto: Divulgação/Sony Pictures)
No filme de Ridley Scott, Napoleão recupera e guarda a bola de canhão que matou o seu cavalo (Foto: Divulgação/Sony Pictures)

Napoleão e o Duque de Wellington se conheceram?

Ficção. No filme, há uma cena em que Napoleão e o Duque de Wellington se reúnem após em navio de guerra, após a batalha de Waterloo, para trocar uma conversa respeitosamente. No entanto, esse encontro nunca aconteceu e ele jamais se conheceram fora do campo de batalha.

O encontro entre o Duque de Wellington e Napoleão nunca aconteceu na vida real (Foto: Divulgação/Sony Pictures)
O encontro entre o Duque de Wellington e Napoleão nunca aconteceu na vida real (Foto: Divulgação/Sony Pictures)

Sobre Napoleão

Napoleão tem roteiro de David Scarpa (O Dia em que a Terra Parou) e, além de Phoenix e Kirby, o elenco ainda conta com Ludivine Sagnier (Lupin), Ben Miles (The Crown), Tahar Rahim (Extrapolations), Ian McNeice (Doctor Who), Catherine Walker (Casa Comigo?), Youssef Kerkour (Home), Paul Rhys (A Descoberta das Bruxas) e Matthew Needham (A Casa do Dragão), entre outros. Assista ao trailer: