Rolling Stone Brasil
Busca
Facebook Rolling Stone BrasilTwitter Rolling Stone BrasilInstagram Rolling Stone BrasilSpotify Rolling Stone BrasilYoutube Rolling Stone BrasilTiktok Rolling Stone Brasil
Música / "Tedioso"

A curiosa razão que impede Robert Plant de compor músicas novas atualmente

Eterno vocalista do Led Zeppelin também contou por que não pretende se aposentar agora, mesmo aos 75 anos

Igor Miranda
por Igor Miranda

Publicado em 04/03/2024, às 16h20

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Robert Plant (Foto:Anthony Behar/Sipa USA)
Robert Plant (Foto:Anthony Behar/Sipa USA)

Robert Plant não lança um álbum de composições próprias há 7 anos. O trabalho mais recente no formato, Carry Fire, saiu em outubro de 2017. Raise the Roof, gravado com Alison Krauss e disponibilizado em 2021, traz praticamente só regravações — apenas uma canção, “High and Lonesome”, é nova de fato.

E o hiato criativo deve levar ainda mais tempo. Em entrevista à Rolling Stone EUA, o eterno vocalista do Led Zeppelin contou que não consegue mais compor. Ainda apresentou uma razão curiosa para tal.

O assunto foi abordado após Krauss, que também participava da entrevista, contar que recentemente esteve em estúdio gravando material novo. A cantora definiu o processo como “tedioso”.

Ao ser convidado a compartilhar seu estágio atual nesse sentido, Plant revelou que, ultimamente, tem revisitado material antigo. Afinal de contas, o astro de 75 anos certamente conta com muitas músicas que não foram devidamente concluídas — ou até foram, mas acabaram não sendo lançadas.

“Tenho um grupo de amigos com quem toco um pouco de vez em quando. Também tenho passado por todas aquelas músicas que nunca lancei e nunca terminei. E fico animado com isso. Tipo: ‘uau, o que vou fazer com isso?’. Há lugares onde estive musicalmente que não estavam completos.”

Ao ser diretamente questionado se está criando novas canções, Robert disse que até tem feito alguns registros de melodia.

“Tenho um gravador digital Tascam, canto, coloco os vocais em um pedal de guitarra e gravo ali. Fica ótimo. Por que se preocupar em ir ao estúdio?”

O problema está na criação das letras. E ele culpa o período vivenciado atualmente pela falta de criatividade.

“Mas não consigo encontrar palavras. Este é um momento muito difícil para tentar ser lírico por aí.”
Caption

Robert Plant e a aposentadoria

Não ter o que escrever nas letras de música está longe de ser um motivo para Robert Plant se aposentar. O vocalista conta com uma agenda lotada de shows para 2024, ao lado de Alison Krauss.

Perguntado se pretende pendurar as chuteiras em um futuro próximo, o cantor declarou que não. Ao explicar o porquê, mencionou:

“A camaradagem, as coisas que você compartilha no palco e as fragilidades que você sabe que carrega consigo silenciosamente, se expor a si mesmo… são coisas que eu odiaria dizer ‘adeus’. Não posso simplesmente ficar parado.”

Por fim, parece ter encontrado uma solução para a falta de criatividade para conceber novos versos — composições antigas. E ainda brincou ao dizer que enquanto houver efeitos para “disfarçar” imperfeições de sua (incrível) voz, continuará na ativa.

“Hoje mesmo, eu estava pegando todos os meus livros de letras e pensando: ‘tenho que recuperar o ritmo, tenho algo a dizer’. Então, sim, vou continuar – contanto que eles tenham máquinas de efeitos que me façam soar bem [risos]. Bem, funcionou para Elvis! Ouça a compressão de sua voz em algumas daquelas grandes baladas de 1957.”