Rolling Stone Brasil
Busca
Facebook Rolling Stone BrasilTwitter Rolling Stone BrasilInstagram Rolling Stone BrasilSpotify Rolling Stone BrasilYoutube Rolling Stone BrasilTiktok Rolling Stone Brasil
Música / NOVIDADE

Taylor Swift quebra recordes no Spotify com The Tortured Poets Department

11º álbum de estúdio da cantora foi o primeiro a superar a marca de 200 milhões de reproduções em apenas um dia, além de se tonar o disco mais ouvido

Henrique Nascimento (@hc_nascimento)
por Henrique Nascimento (@hc_nascimento)

Publicado em 20/04/2024, às 13h30

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Taylor Swift quebra recorde no Spotify com The Tortured Poets Department (Foto: Divulgação)
Taylor Swift quebra recorde no Spotify com The Tortured Poets Department (Foto: Divulgação)

Taylor Swift se tornou a primeira artista a superar a marca de 200 milhões de reproduções no Spotify em apenas um dia com o lançamento de The Tortured Poets Department, seu 11º álbum de estúdio. As informações são da Variety.

Além do feito histórico, a artista também colocou a novidade no topo dos álbuns mais ouvidos da plataforma de áudio, superando os próprios recordes mais uma vez. Antes, Midnights, de 2022, e 1989 (Taylor's Version), lançado em outubro do ano passado, ocuparam a mesma posição e, atualmente, são os três discos mais ouvidos do serviço.

+++LEIA MAIS: Entenda a reação de Matt Healy, líder do The 1975, com o novo álbum de Taylor Swift, The Tortured Poets Department

O novo disco de Taylor Swift chegou às plataformas digitais na sexta-feira, dia 19 de abril, em duas versões: The Tortured Poets Department, com 16 músicas, e The Tortured Poets Department: The Anthology, com outras 15 canções adicionais. Ambas incluem as parcerias de destaque do álbum: "Fortnight", com Post Malone, que foi escolhida para ser o primeiro single da nova era; e "Florida!!!", com Florence + the Machine.

"The Tortured Poets Department é um álbum DUPLO secreto", explicou Swift. "Eu escrevi tantas poesias torturadas nos últimos dois anos e queria compartilhar tudo com vocês, então aqui está a segunda parte do TTPD: The Anthology. 15 músicas extras. E agora a história não é mais minha... é toda sua." Ouça agora:

+++LEIA MAIS: Fãs sugerem que faixa de novo álbum de Taylor Swift é indireta para Kim Kardashian

"Uma antologia de novas obras que refletem acontecimentos, opiniões e sentimentos de um momento fugaz e fatalista - que foi ao mesmo tempo sensacional e triste em igual medida", escreveu a artista em suas redes sociais, ao anunciar o lançamento do álbum.

"Este período da vida do autor acabou, o capítulo foi encerrado e fechado com tábuas. Não há nada para vingar, não há contas a acertar depois que as feridas cicatrizam. E após uma reflexão mais aprofundada, um bom número deles acabou sendo autoinfligido", continuou Swift.

"Este escritor acredita firmemente que nossas lágrimas se tornam sagradas na forma de tinta em uma página. Depois de contarmos nossa história mais triste, poderemos nos livrar dela", acrescentou, antes de encerrar: "E então tudo o que resta é a poesia torturada."

+++LEIA MAIS: Travis Kelce inspirou "The Alchemy", música do novo álbum de Taylor Swift?