Rolling Stone Brasil
Busca
Facebook Rolling Stone BrasilTwitter Rolling Stone BrasilInstagram Rolling Stone BrasilSpotify Rolling Stone BrasilYoutube Rolling Stone BrasilTiktok Rolling Stone Brasil
Entretenimento / NOVIDADE

Vincent D'Onofrio esclarece cena pós-créditos de Eco e futuro de Fisk

Wilson Fisk, mais conhecido como Rei do Crime, retornará em Daredevil: Born Again (Demolidor: Renascido, em tradução livre), nova série da Marvel

Henrique Nascimento (@hc_nascimento)
por Henrique Nascimento (@hc_nascimento)

Publicado em 17/01/2024, às 15h00

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Vincent D'Onofrio esclarece cena pós-créditos de Eco e futuro de Fisk no Universo Cinematográfico da Marvel (Foto: Reprodução/Marvel Studios)
Vincent D'Onofrio esclarece cena pós-créditos de Eco e futuro de Fisk no Universo Cinematográfico da Marvel (Foto: Reprodução/Marvel Studios)

Apesar de ser desligada da história principal do Universo Cinematográfico da Marvel, a série Eco, que estreou no Disney+ e no Star+ no último dia 9 de janeiro, deixou algumas pistas para o futuro de Wilson Fisk, o Rei do Crime, que em breve retornará em Daredevil: Born Again (Demolidor: Renascido, em tradução livre), nova série do Demolidor, ainda sem data de estreia.

Em entrevista ao The Hollywood ReporterVincent D'Onofrio, que dá vida ao vilão, esclareceu a cena pós-créditos da série e o que ela significa para o futuro do seu personagem na franquia. Na sequência, Fisk está em seu avião particular e assiste ao noticiário, em que os apresentadores falam sobre quem comandará Nova York a partir das próximas eleições para prefeito.

Ele dizem que a cidade está carente de um novo representante, "alguém que seja um lutador, o que vai contra os políticos de carreira", para resolver os seus problemas, o que desperta a curiosidade de Fisk e nos leva a acreditar que, em sua próxima aparição, o vilão pode disputar o cargo, assim como aconteceu nos quadrinhos.

+++LEIA MAIS: Eco não é sobre Maya Lopez "passar de vilã para heroína", afirma produtor da série da Marvel

Para D'Onofrio, após o embate do Rei do Crime com a sua sobrinha, Maya Lopez, a Eco (Alaqua Cox), que tentou curar as dores do vilão, o personagem não mudou, mas está mais esclarecido sobre o que quer para a sua vida:

"Na minha cabeça, depois de tudo o que acontece com Maya, ele vai para o seu avião e, ao final do voo, ele decide: 'Se eu quero ser todo poderoso, é isso que eu vou fazer'. Isso é tudo o que posso contar", declarou o ator, sem confirmar o enredo de sua próxima participação no Universo Cinematográfico da Marvel.

+++LEIA MAIS: "Foi muito libertador não precisar pegar leve", diz produtor sobre Eco, nova série da Marvel

Sobre Eco

Maya Lopez, a Eco, é a primeira heroína nativo-americana e surda da Marvel. Nos quadrinhos, ela foi a primeira personagem a assumir o título de Ronin antes mesmo de Clint Barton (Jeremy Renner), que utilizou o alterego em Vingadores: Ultimato (2019) após perder a família para o estalo de Thanos (Josh Brolin).

Em sua adaptaçao para o Universo Cinematográfico da Marvel, a personagem vivida por Alaqua Cox - que também é surda e nativo-americana, além de ter uma perna mecânica - foi introduzida como a líder da Gangue do Agasalho, uma máfia de Nova York, em Gavião Arqueiro. Agora, em Eco, ela assume o papel de protagonista e nós descobrimos o que aconteceu com a jovem após falhar em sua tentativa de matar o Rei do Crime (Vincent D'Onofrio).

Encabeçado por Cox e D'Onofrio, o elenco de Ecoainda conta com Zahn McClarnon (Doutor Sono), Tantoo Cardinal (Dança Com Lobos), Chaske Spencer (A Saga Crepúsculo: Lua Nova), Cody Lightning (A Ponta de um Crime), Graham Greene (À Espera de um Milagre) e uma participação especial de Charlie Cox como Matt Murdock, o Demolidor. Assista ao trailer:

+++LEIA MAIS: Eco estreia sob novo selo da Marvel para evitar frustrações: "Sem Homem de Ferro ou Capitão América"