Rolling Stone Brasil
Busca
Facebook Rolling Stone BrasilTwitter Rolling Stone BrasilInstagram Rolling Stone BrasilSpotify Rolling Stone BrasilYoutube Rolling Stone BrasilTiktok Rolling Stone Brasil
Entretenimento / NOVIDADE

Entenda o que acontece no episódio final de Eco, nova série da Marvel

Novidade do Universo Cinematográfico da Marvel, que traz o retorno de Maya Lopez, de Gavião Arqueiro (2021), já está disponível nos streamings

Henrique Nascimento (@hc_nascimento)
por Henrique Nascimento (@hc_nascimento)

Publicado em 10/01/2024, às 09h30

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Entenda o que acontece no episódio final de Eco, nova série da Marvel (Foto: Divulgação/Marvel Studios)
Entenda o que acontece no episódio final de Eco, nova série da Marvel (Foto: Divulgação/Marvel Studios)

Eco, nova série do Universo Cinematográfico da Marvel, já está disponível, na íntegra, nas plataformas digitais da Disney e, pela primeira vez, a produção foi disponibilizada na íntegra, com todos os seus episódios lançados de uma só vez.

Além de trazer o retorno de Maya Lopez, vivida pela atriz estreante Alaqua Cox, a produção também conta com Wilson Fisk, o Rei do Crime (Vincent D'Onofrio), que já havia dado as caras em Gavião Arqueiro, de 2021, série da qual Eco é derivada.

No episódio final da novidade, que conta com cinco capítulos, vemos o tão aguardado embate entre a protagonista e o vilão. A seguir, entenda o que acontece com os personagens, mas cuidado, porque o o texto contém spoilers!

+++LEIA MAIS: Eco não é sobre Maya Lopez "passar de vilã para heroína", afirma produtor da série da Marvel

No último episódio de Eco, batizado de "Maya", vemos Maya Lopez entendendo as visões que ela estava tendo desde que voltou à cidade de Tamaha, em Oklahoma, e à sua tribo, os Choctaw. Ao ir atrás de sua avó, ela acaba tendo uma visão de sua mãe, morta quando ela ainda era criança, que explica a ela a sua relação com seus antepassados.

Maya, então, descobre que as mulheres de sua família têm a capacidade de se conectar com aquelas que vieram antes delas - desde a primeira líder da tribo, Chafa, até a própria Maya - e adquirir os seus poderes, que vão de habilidades para a luta e autodefesa ao dom para a cura, como um eco, que continua a ressoar através de gerações.

Mais tarde, vemos Maya indo ao encontro do Rei do Crime, imaginando que ele está mantendo a sua avó e a sua prima como reféns. Ao encontrá-lo, ela descobre que estava certa, mas também se vê em meio a uma emboscada, com todos os capangas do vilão a cercando.

Maya pede para que a sua família confie nela e, em seguida, lança um ataque contra os capangas de Fisk, com a ajuda de suas avó e prima, que também passam a manifestar os poderes de seus ancestrais.

+++LEIA MAIS: Eco estreia sob novo selo da Marvel para evitar frustrações: "Sem Homem de Ferro ou Capitão América"

No entanto, Maya não ataca o Rei do Crime. Ao invés, ela repete um gesto usado por sua mãe, em um flashback do início do episódio, para tentar curar as dores do vilão. Em seguida, vemos algumas cenas do passado de Fisk e notamos a sua relutância para se livrar do que o fez mal, já que tudo aquilo fez com que ele se tornasse quem é hoje.

Após um momento, Maya solta o tio, que pergunta a ela, abalado e confuso, o que a garota havia feito com ele. Apesar de algo parecer ter mudado em Fisk, não fica claro se a jovem realmente conseguiu curá-lo de suas dores, mas ele desiste de se vingar dela e acaba indo embora.

Porém, após o fim do episódio, vemos o vilão novamente em uma cena pós-créditos. Ele está em seu avião particular e assiste às notícias em uma televisão. Durante um debate, os apresentadores falam que a cidade de Nova York está carente de um novo representante e, enquanto ouve, Fisk parece cada vez mais interessado, o que sugere que ele deve se candidatar a prefeito no futuro.

+++LEIA MAIS: "Foi muito libertador não precisar pegar leve", diz produtor sobre Eco, nova série da Marvel

Sobre Eco

Maya Lopez, a Eco, é a primeira heroína nativo-americana e surda da Marvel. Nos quadrinhos, ela foi a primeira personagem a assumir o título de Ronin antes mesmo de Clint Barton (Jeremy Renner), que utilizou o alterego em Vingadores: Ultimato (2019) após perder a família para o estalo de Thanos (Josh Brolin).

Em sua adaptaçao para o Universo Cinematográfico da Marvel, a personagem vivida por Alaqua Cox - que também é surda e nativo-americana, além de ter uma perna mecânica - foi introduzida como a líder da Gangue do Agasalho, uma máfia de Nova York, em Gavião Arqueiro. Agora, em Eco, ela assume o papel de protagonista e nós descobrimos o que aconteceu com a jovem após falhar em sua tentativa de matar o Rei do Crime (Vincent D'Onofrio).

Encabeçado por Cox e D'Onofrio, o elenco de Ecoainda conta com Zahn McClarnon (Doutor Sono), Tantoo Cardinal (Dança Com Lobos), Chaske Spencer (A Saga Crepúsculo: Lua Nova), Cody Lightning (A Ponta de um Crime), Graham Greene (À Espera de um Milagre) e uma participação especial de Charlie Cox como Matt Murdock, o Demolidor. Assista ao trailer:

+++LEIA MAIS: Depois de Eco, quais são os próximos lançamentos do Universo Cinematográfico da Marvel?